AddThis Social Bookmark Button
Composição dos medicamentos e vias de administração

Ação dos medicamentos no organismo

Após a ingestão, o medicamento sólido passa pelo sistema digestivo, estômago e chega ao intestino, que o absorve e permite que ele chegue à circulação. É neste momento que ele realiza sua ação. 
O medicamento só entra em ação quando seu princípio ativo interage com as moléculas do corpo, que são chamadas de receptores. Cada órgão do corpo tem seus próprios receptores específicos e o medicamento só age quando seu princípio ativo encontra as moléculas certas para sua fórmula química. 
 
Formas farmacêuticas
Forma farmacêutica é o resultado final apresentado depois que a substância é submetida às transformações para obter o resultado terapêutico necessário. As formas farmacêuticas podem ser sólidas, líquidas e semi-sólidas. Os fármacos são geralmente transformados em medicamentos na forma sólida, que são ingeridos via oral. Entretanto, essa forma às vezes não é adequada, por isso há alternativas na forma líquida.
 
Tipos de Comprimidos
Revestidos: geralmente os comprimidos revestidos têm uma espécie de capa para disfarçar o gosto amargo. O revestimento não traz males à saúde e é feito a base de hidróxi (metilcelulose)
Sulcados: esses comprimidos não são revestidos e podem ser partidos ao meio. Por isso, eles têm aquele traço no meio, que é o sulco.
Cápsulas: são feitas de gelatina e servem como veiculação dos fármacos. Dentro do organismo a cápsula se abre e libera o fármaco.
 
Alguns comprimidos são revestidos com gastroproteção, que faz com que o medicamento não abra antes de chegar ao intestino. Há também comprimidos feitos com revestimentos para ancorar (grudar) na parede do intestino para que ele possa agir por mais tempo.
 
Vias de Administração
É o caminho que o medicamento faz para entrar em contato com o organismo. Algumas vezes, quando há necessidade de efeito muito rápido, são usadas outras formas (sólidas, líquidas e semi-sólidas) e outras vias de administração para o medicamento. Uma delas é através das veias (medicação intravenosa), mas pode ser via oral, nasal ou auricular.
 
Medicamentos no mercado
Usar corretamente os medicamentos faz com que se obtenha o melhor resultado dele. Hoje no mercado farmacêutico há inúmeros tipos de medicamentos e a sociedade faz, muitas vezes, uso indiscriminado deles, é a chamada automedicação. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Farmacêuticas (ABIFARMA), cerca de 80 milhões de pessoas são adeptas da automedicação.
Há uma lista modelo, criada pela OMS, com os nomes dos medicamentos considerados essenciais, que são aqueles satisfazem às necessidades prioritárias de saúde da população, sendo selecionados de acordo com sua pertinência para a saúde pública, a existência de evidências sobre sua eficácia, segurança e eficácia comparada aos custos. Além disso, a lista enfatiza que devem estar disponíveis nos sistemas de saúde, em quantidades suficientes, nas formas farmacêuticas apropriadas, com garantia da qualidade e informação adequada, ao preço que os pacientes e a comunidade possam pagar.
No Brasil, existe a Relação Nacional de Medicamentos Essencial (RENAME) feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Um bom medicamento é aquele que apresenta eficácia e segurança e que não apresenta muitos efeitos adversos.
 
Julieta: "O que é um medicamento? É uma ferramenta da pratica médica, odontológica, da prática da saúde. Mas temos também outras inúmeras ferramentas que podemos usar para cuidar da nossa saúde". 
 
Aluno: "Se passar do horário de tomar algum medicamento tem problema?".
Julieta: "Se passar apenas um pouco, não. O problema é se tomar muito depois, por isso, fazemos questão do horário. Existe uma faixa de segurança. O que não pode fazer, dependendo do tipo de medicamento e se chegar muito perto da outra dose, é tomar as duas doses juntas".
 
Aluno: "O que são o remédio de tarja preta?".
Julieta: "O remédio de tarja vermelha são os que precisam de receita para ser vendido. Já o de tarja preta, por causarem dependência, além da receita, precisa da notificação da receita para que o governo controle para evitar o abuso".  
 
Este texto tem como objetivo reportar a interação entre alunos e pesquisador e os conceitos tratados durante os encontros do programa “Adote um Cientista”. 
Encontro realizado em 17/05/2010.  
 
 
 

Comentários  

 
# PolitécnicoPatricia Zubricki 21-09-2013 23:31
Olá, eu tenho 15 anos e estou no 1° ano do 2° grau. Agora com a mudança do Ensino Médio ser Politécnico, nós alunos, temos que fazer um trabalho que é feito durante todo o ano escolar e temos que ter um assunto especifico. No meu caso, eu escolhi o assunto com base em uma faculdade que, até então, eu pretendo cursar: Farmácia. O meu assunto do trabalho do Politécnico é medicamentos. Por esse motivo que eu entrei aqui.
Por tanto, gostaria de agradecer por todas as informações que foram encontradas, todas foram muito uteis para mim e também confiáveis. Estou me esforçando para fazer um trabalho ótimo para a escola! Obrigada mais uma vez.
Responder | Responder com citação | Citar
 

Adicionar comentário


                    

         twitter logo  You Tube   

   

Enquete

Acesso o site...
 

Nosso boletim

Visitantes

Nós temos 21 visitantes online

Cadastro de Professores

                   



Envios recentes

Nuvem de Notícias



Mais lidos

Publicações

 

Jornal das Ciências 
Folhetins 

 

 

 


Casa da Ciência 2011 - Hemocentro de Ribeirão Preto FMRP-USP