Pesquisar

         twitter logo  You Tube   

Enquete

Acesso o site...
 



Nosso boletim

Visitantes

Nós temos 184 visitantes online

Cadastro de Professores

                  
AddThis Social Bookmark Button
Teatro como ferramenta da ciência
Sex, 27 de Agosto de 2010 15:49
Promover aprendizagem de forma diferente e criativa. Pensando nisso, a Casa da Ciência está realizando semanalmente encontros teatrais com os alunos do programa “Adote um 
Cientista”; os jovens participam de atividades relacionadas à ciência e de exercícios de interpretação e expressão corporal. 
 

A ideia de transformar o teatro em uma ferramenta de aprendizagem e disseminação de conceitos científicos surgiu a partir de experiências com as peças “Agonia de uma 
Célula (2002)” e “Relíquias do Sangue e Sara (2008)”, que foram escritas e encenadas por alunos dos programas da Casa da Ciência. Nestas produções os alunos aprendiam profundamente durante a preparação e os ensaios e ensinavam o público no momento das apresentações.
 
Com a constatação do sucesso destas duas produções, tiveram início em fevereiro de 2010, as oficinas teatrais. A ideia inicial era trabalhar o tema Cientistas, fazendo os alunos estudarem diferentes temas a partir de grandes nomes da ciência como Darwin e Carlos Chagas. Essa atividade tinha como objetivo mostrar que estudar ciência é importante e que o processo científico sofre mudanças ao longo do tempo. Para isso, eram utilizados alguns materiais de apoio como a Revista Fapesp, Radis e livros do acervo da Casa da Ciência. A partir desses materiais eram propostos exercícios de improvisação para estimular a explorar as possibilidades de atuação proporcionadas pelo teatro. 

 

 

Em maio de 2010 novos alunos passaram a frequentar as oficinas. O trabalho com esta turma, que segue até hoje, é voltada para a temática da “Doação de Sangue”, cujo objetivo é formar pessoas conscientes do processo de doação e com domínio dos conceitos relacionados ao sangue (componentes, funções, origem, entre outros.).
 
Atividades
Durante os encontros, os alunos participam de aulas sobre um tópico relacionado, como palestras com a equipe da Casa; sessões de vídeos (palestras gravadas pela Casa da Ciência); rodas de discussão – em que os alunos expõem suas dúvidas; trabalhos em grupos para a criação de esquetes (cenas curtas); músicas e/ou coreografias. Além destas atividades, os alunos participam da exposição “O Caminho do Sangue”, com visitas às instalações do Hemocentro em que acompanham a coleta de sangue e os processos hemoterápicos. Este contato proporciona a eles mais elementos para a construção de cenas relacionadas à doação. 
 

 

 

 
Dentre as atividades realizadas, os alunos já produziram músicas e paródias sobre doação de sangue, em que abordaram de forma criativa o assunto. Estas músicas faziam parte de um exercício, em que os alunos criaram e apresentaram uma cena composta por uma música cantada e outra dançada.
As oficinas são supervisionadas pela equipe da Casa da Ciência e orientadas pelos estagiários Ádamo Siena, graduando em ciências biológicas pela Unesp de Jaboticabal, e Daniele Viola, graduanda em educação física pela USP de Ribeirão Preto. Ádamo atuou nas peças “Agonia de uma célula” e “Relíquias do Sangue e Sara”. Daniele, além de atuar nas duas produções, criou a coreografia realizada na última peça e atualmente cursa Iniciação Teatral no Ribeirão Em Cena. 
 
Colaborou: Daniele Viola
 
 
 

Adicionar artigo ao twitter

AddThis Social Bookmark Button
 

Envios recentes

Casa da Ciência

Publicações

 

Jornal das Ciências 
Folhetins 

 

 

 


Casa da Ciência 2011 - Hemocentro de Ribeirão Preto FMRP-USP