Pesquisar

         twitter logo  You Tube   

Enquete

Acesso o site...
 



Nosso boletim

Visitantes

Nós temos 42 visitantes online

Cadastro de Professores

                  
AddThis Social Bookmark Button
Espaço 1

 

 

 

  Abertura | Espaço 1 | Espaço 2 | Espaço 3 | Espaço 4 | Espaço 5 | Espaço 6 | Sobre a Exposição

 

Sedentarismo evolutivo

“A principal finalidade da Ciência é diminuir a canseira da existência da humanidade”.

Bertold Brecht.

 

Será que quando afirmou isso Brecht estava falando da Ciência aplicada aos esportes para diminuir o cansaço dos atletas?

 

 


O alemão Bertold Brech foi dramaturgo, poeta e ator do século XX.

Imagem: Wikimedia. 

 

 

 

Desde o surgimento da nossa espécie, o homem mudou tanto em seus hábitos (alimentares, comportamentais, sociais) quanto o seu tempo de vida. Observamos que a expectativa de vida aumenta cada vez mais com o passar dos anos, principalmente em países desenvolvidos. O que mudou através dos anos que permite esse prolongamento da vida humana? Em que fase da nossa vida estamos ganhando anos extras: seria na infância ou na adolescência? Quando adultos ou quando idosos? Será que o tempo de vida dos outros animais também está ficando maior? Para quais destes animais, os de cativeiro ou os selvagens? As plantas também possuem estimativa de vida que possa aumentar ou diminuir? Perguntas como essas podem ser respondidas analisando os avanços científicos que aconteceram nos últimos séculos. Assim, podemos entender como o desenvolvimento de novos conhecimentos e sua aplicação podem proporcionar tempos de vida maior, embora, em grande parte dos casos, os comportamentos e o meio ambiente tenham se tornado menos “saudáveis” para a vida. 

 

 

 

Realização:                Apoio:

AddThis Social Bookmark Button
 


Envios recentes

Casa da Ciência

Publicações

 

Jornal das Ciências 
Folhetins 

 

 

 


Casa da Ciência 2011 - Hemocentro de Ribeirão Preto FMRP-USP